Graciano Torrão's Deblog

O meu diário de trabalho em Debian … e não só!

Configurar o phpMyAdmin no XAMPP

Ao realizar uma instalação do XAMPP, e dependendo dos componentes selecionados, podemos encontrar uma série de obstáculos iniciais, quando apenas pretendemos uma utilização rápida e sem complicações.

Independentemente disso, o XAMPP continua a se uma alternativa rápida e muito mais simples do que instalar tudo manualmente.

No meu caso, apenas selecionei o servidor Apache durante a instalação.

Vou tentar tentar resumir a sequência “ERRO”, “SOLUÇÃO”.

#1 – ERRO: #1045 – Access denied for user ‘root’@’localhost’ (using password: YES

erro01#1 – SOLUÇÃO: fornecer a palavra passe de root do servidor MySql.

Como eu já tinha o servidor MySql instalado, vai ser necessário fornecer a palavra passe de root ao phpMyAdmin.

No painel de controlo do XAMPP, relativamene ao serviço Apache, selecionar o botão “CONFIG” e a opção “phpMyAdmin (config.inc.php)”.

Procurar a linha:

$cfg['Servers'][$i]['password'] = ”;

Inserir a vossa password:

$cfg['Servers'][$i]['password'] = ‘esdas‘;

Agora basta reiniciar o Apache e passar à fase seguinte.

 

#2 – ERRO: Connection for control user as defined in your configuration failed.

pma

#2 – SOLUÇÃO: Crir a base de dados phpmyadmin e o utilizador pma.

Uma vez que já temos acesso aos phpMyAdmin, vamos utilizar esta ferramenta para o resto das configurações.

Colar o conteúdo do ficheiro create_tables.sql ( C:\xampp\phpMyAdmin\examples ) na caixa de comandos SQL.

erro02_scr01

De seguida pressionar “Executar”.

Se repararem, já temos a base de dados phpmyadmin.

Agora é necessário criar o utilizador pma, com privilégios de acesso a esta base de dados:

 

No painel de controlo do XAMPP, relativamene ao serviço Apache, selecionar o botão “CONFIG” e a opção “phpMyAdmin (config.inc.php)”.

Procurar a linha:

$cfg['Servers'][$i]['controlpass'] = ’123′;

Inserir a vossa password:

$cfg['Servers'][$i]['controlpass'] = ‘123‘;

Agora basta reiniciar o Apache e passar à fase seguinte.

 

#3 – ERRO: #1146 – Table ‘phpmyadmin.pma_table_uiprefs’ doesn’t exist

erro02

#3 – SOLUÇÃO: Usei esta dica ( http://yuvrajingale.wordpress.com… )

Seguindo o mesmo processo, no painel de controlo do XAMPP, relativamene ao serviço Apache, selecionar o botão “CONFIG” e a opção “phpMyAdmin (config.inc.php)”.

Procurar a linha:

$cfg['Servers'][$i]['table_uiprefs'] = ‘pma_table_uiprefs’;

Inserir a vossa password:

$cfg['Servers'][$i]['pma__table_uiprefs'] = ‘pma_table_uiprefs’;

Agora basta reiniciar o Apache e, em princípio, tudo a funcionar.

 

 

About these ads

Carregar uma imagem a partir do disco(png) para uma base de dadosMySql utilizando Qt

Título em Inglês: Load image from disk (png) to a MySql database using Qt

Este exemplo surgiu da necessidade de exemplificar uma forma de gravar uma imagem numa base de dados.

Uma aplicação muito simples seria 0 armazenamento das fotografias dos sócios de um determinado clube!

O processo que descrevo é no entanto bem mais versátil, pois com pequenas alterações, podemos armazenar praticamente qualque tipo de ficheiro binário na base de dados. Para o efeito vamos utilizar um campo do tipo BLOB.

Disponibilizo um exemplo de aplicação: https://app.box.com/s/l8d3xdbzafuie8e56f1y

Vejam o vídeo que contém a demonstração.

 

Como criar um splash screen em Qt

Este exemplo que publiquei em 2009 está completamente desatualizado ( ver aqui )

Deixo o link para a nova versão: https://app.box.com/s/y07maecs6sh6qg4wco36

DB03 – Exemplos de escrita de uma aplicação para Acesso a Base de Dados

Mais um exemplo, que surge na sequência dos dois anteriormente publicados:

  1. DB01
  2. DB02

Neste caso, acescento uma nova funcionalidade, que consiste na sincronização de uma QTableView com um QDataWidgetMapper, ambos ligados ao mesmo modelo (QSqlRelationalTableModel).

db03_1

db03_2

Ainda falta corrigir alguns bugs, mas aceitam-se reclamações!

Fazer o download do exemplo: db03_v1

Como criar uma PEN de arranque com o G4L

O G4L é a minha ferramenta de eleição no que toca a cópias de segurança e restauro de software nos computadores.
Com tantas máquinas para gerir, algumas das quais começam a dar problemas com os leitores de DVD, tive que avançar para esta solução.
O objetivo é ter uma PEN de arranque, que quando utilizada, inicia automaticamente o G4L, deixando desta forma de estar dependente do leitor de DVD.
Depois de seguir muitos “How To …“, cada um mais confuso do que o anterior, acabei por me deixar levar pelo lema “Time is Money“, e arranjei um processo bastante simples que descrevo no vídeo seguinte.

Podem usar o mesmo processo para montar outros utilitários, transformando a vossas PEN em verdadeiros Canivetes Suíços.
Links que utilizei:

http://sourceforge.net/projects/g4l/

http://rufus.akeo.ie/

Como fazer uma cópia de segurança do sistema (Windows 7)

O meu vídeo mais recente. Lá perdi a vergonha e liguei o microfone :)

Reimplementar um QPushButton ( reimplement a QPushButton )

A Classe QPushButton disponibiliza uma infinidade de membros que permitem controlar o aspeto e comportamento do botão.

Mesmo assim, perante tamanha fartura, podemos desejar alterar o comportamento destes Widgets.

O processo mais simples que encontrei consiste em:

  1. Criar uma classe derivada(myQPushButton) de QPushButton;
  2. Personalizar alguns aspetos relativos a estes novos botões (tamanho, … );
  3. Reimplementar os métodos virtuais ao meu gosto.

Neste exemplo, utilizei o botão no centro de uma QMainWindow, apenas para teste das suas funcionalidade.

E para testar um botão, nada melhor do que um botão. Claro!

Exemplo em vídeo:

Baixar exemplo: https://app.box.com/s/azg2gs33nxzx79jzd4gd

DB02 – Exemplos de escrita de uma aplicação para Acesso a Base de Dados

Com mais este exemplo, pretendo demonstrar alguns aspetos elementares acerca da ligação a uma base de dados MySQL utilizando a framework Qt.

Esta framework Qt disponibiliza um conjunto de classes (vistas/views) que, baseando-se na Arquitectura Modelo/Vista (Model/View Architecture), possibilitam a fácil manipulação dos dados, bem como a forma como estes são apresentados ao utilizador.

A base teórica em que assenta esta arquitectura é a MVC ( model–view–controller ), popularizada pela linguagem Smalltalk.
No caso do Qt, o papel desempenhado pelo controller é substituído por uma forma diferente de abstracção, o delegate.
A informação sobre este tipo de abordagem pode ser consultada em : http://qt-project.org/doc/qt-5.0/qtwidgets/model-view-programming.html

O exemplo DB02 consiste na utilização de uma janela principal (QMainWindow), através da qual podemos estabelecer/terminar a ligação à base de dados, bem como aceder aos dois formulários (QDialog) que, possibilitam as edição dos dados nas duas tabelas relacionadas, cujo modelo é representado na figura seguinte:

Ler mais deste artigo

2013 in review

The WordPress.com stats helper monkeys prepared a 2013 annual report for this blog.

Here’s an excerpt:

The Louvre Museum has 8.5 million visitors per year. This blog was viewed about 93,000 times in 2013. If it were an exhibit at the Louvre Museum, it would take about 4 days for that many people to see it.

Click here to see the complete report.

LATAN ZILEF

natal2013

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 196 outros seguidores

%d bloggers like this: