Graciano Torrão's Deblog

O meu diário de trabalho em Debian … e não só!

Exemplo C++ – Comparar duas datas que se encontram armazenadas numa estrutura

 

#include <iostream>
#include <iomanip>
#include <sstream>
#include <string>
using namespace std;
struct mydata
{
    int ano, mes, dia;
    string aaaammdd;
};
int main()
{
    mydata d1, d2;
    ostringstream c1, c2;

    //Definir a primeira data
    d1.ano = 1970;
    d1.mes = 1;
    d1.dia = 9;
    c1 << fixed << setfill('0') << setw(4) << d1.ano << setw(2) << d1.mes << setw(2) << d1.dia;
    d1.aaaammdd = c1.str();
    cout << d1.aaaammdd << endl;

    //Definir a segunda data
    d2.ano = 2015;
    d2.mes = 10;
    d2.dia = 12;
    c2.clear();
    c2 << fixed << setfill('0') << setw(4) << d2.ano << setw(2) << d2.mes << setw(2) << d2.dia;
    d2.aaaammdd = c2.str();
    cout << d2.aaaammdd << endl;

    // Comparar as datas = comparar inteiros :)
    if(d1.aaaammdd < d2.aaaammdd)
        cout << d1.aaaammdd;
    else
        cout << d2.aaaammdd;
    cout << endl;

    return 0;
}

 

Dúvida matemática!

Estava a estudar matemática e encontrei esta fórmula?

Nã0 compreendo o seu significado!

duvidaMatematica

Grub 2 – Set the GRUB timeout (alterar o timeout do GRUB)

eng

#1 – Edit GRUB default settings file

#nano /etc/default/grub

#2 – Look for this line

GRUB_TIMEOUT=60

#3 – Choose time in seconds

Replace 60 in the example above with the desired value

#4 – Save the file (/etc/default/grub)

If using nano press:

CRTL + O

ENTER

CTRL + X

#5 – Update the grub scripts

#update-grub

pt

#1 – Editaro ficheiro de configurações por defeito do GRUB

#nano /etc/default/grub

#2 – Procurar esta linha

GRUB_TIMEOUT=60

#3 – Selecionar um intervalo de tempo em segundos

Substituir 60, no exemplo acima,  pelo velor desejado

#4 – Guardar o ficheiro (/etc/default/grub)

Se optaram pelo nano pressionar:

CRTL + O

ENTER

CTRL + X

#5 – Executar os scripts de configuração do grub

#update-grub

Boas notícias para os utilizadores do Samsung Galaxy Ace GT-S5830

cyanogenmodHoje dei vida nova ao meu Samsung Galaxy Ace GT-S5830.

Depois de uns acidentes de percurso, que inutilizaram completamente o equipamento ao nível do software, encontrei uma solução interessante.

Chama-se cyanogenmod!

Segui este “how to” e funcionou na perfeição.

Esteticamente ficou 5* e deu vida nova a este equipamento já obsoleto.

Do ponto de vista da funcionalidade, vamos ter que aguardar alguns dia para tirar conclusões.

Agora vou explorar o brinquedo novo :)

A nossa privacidade online! Estaremos a ser responsáveis?

Este é um tema que tem orientados as minhas reflexões ao longo desta semana.

Tudo começou com a sugestão do meu Browser preferido, o Mozilla Firefox, e as recentes chamadas de atenção para o tema da privacidade.

O próximo passo foi a instalação do Lightbeam for Firefox, que me deixou pasmado quanto à questão “First Party Data vs Third Party Data“.

A título de exemplo, reparem nas associações que ocorrem durante um sessão que consiste em:

  • Aceder ao google e fazer uma pesquisa;
  • Aceder ao email e clicar num daqueles convites para aceder ao facebook;
  • Fazer login no booking.com e procurar um hotel para passar um fim-de-semana com a família.

Eis a teis de associações que foram feitas às nossas custas:

lightbeamNão será pois de espantar que, daqui a nada, comecem a surgir sugestões de locais para férias no nosso email, no facebook, ou noutra rede qualquer!

Mas a questão central é esta.

Até que ponto está preocupado com a sua privacidade?

Deixo uma sugestão no formato “TED” para refletirmos.

Como recuperar todas as mensagens enviadas “acidentalmente” para a pasta lixo(trash) do GMAIL?

A história é muito simples.
Estava a brincar aos filtros no GMail e enviei 12736 mensagens para o lixo!
Numa primeira abordagem, pensei que tinha que selecionar página a página, o que ao 50 de cada vez, me iria durar a noite toda!
E foi aí que reparei …

gmailRecoverFromTrash
Quando selecionamos todas as mensagens e da página visível (ver 1), surge a opção para selecionar todas (ver 2).
Uff … desta vez safei-me :)

Dicas sobre manilupação de “strings” em C++ com base na classe “string”

Atenção!

Este artigo não pretende ser exaustivo quanto ao assunto em análise, ou seja, a manipulação de strings tendo como base os objetos da classe string.

Trata-se apenas de um conjunto de dicas muito simples para quem quer fazer um consulta rápida e seguir viagem …

Recomendo a consulta de http://www.cplusplus.com/reference/string/string/

Vou passar diretamente para os exemplos.

#1 – Declaração e leitura de strings

Neste exemplo vou declarar 3 strings e proceder à respetiva inicialização de várias formas distintas.

#include <iostream>
#include <string>
using namespace std;
int main()
{
    string s1;
    string s2("Hello String 2!");
    string s3 = "Hello String 3!";
    string s4( 1, 'z');
    cin >> s1;
    cout << s1 << endl << s2 << endl << s3 << endl << s4 << endl;
    return 0;
}

Ler mais deste artigo

KEN ROBINSON – “A escola mata a criatividade”

2014 in review

The WordPress.com stats helper monkeys prepared a 2014 annual report for this blog.

Here’s an excerpt:

The Louvre Museum has 8.5 million visitors per year. This blog was viewed about 87,000 times in 2014. If it were an exhibit at the Louvre Museum, it would take about 4 days for that many people to see it.

Click here to see the complete report.

Morcela com Ananás

Não é bem “Morcela com Ananás”, pois um dos ingredientes não mencionado faz a diferença.

Refiro-me às folhinhas de coentros, que para além do verde, dão uma acabamento delicioso a este trio.

Fruto do acaso, acabei com uma morcela nas mãos e, saltando os comentários mal intencionados que vos possam ter atravessado a mente, não sabia muito bem o que lhe fazer.

Nestas alturas, o Google está para o informático, tal com o bacalhau está para a cozinha Portuguesa, tal é o seu estatuto de fiel amigo.

Depois de iniciada a pesquisa, o mais difícil é escolher, e eu acabei por selecionar esta receita do Chefe João Pronto: http://lifestyle.sapo.pt/sabores/receitas/morcela-com-ananas?r=sabores.sapo.pt

Desde já aviso que é delicioso!

Enquanto faço a digestão, aproveito para deixar a recomendação.

morcelaComAnanasECoentros

Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 225 outros seguidores

%d bloggers like this: